Nutrição capilar o que usar?
Cronograma Capilar Nutrição

Nutrição capilar o que usar? Quais os componentes?

Com vários produtos que visam melhorar a aparência e a condição do seu cabelo, pode ser fácil esquecer que uma das coisas mais importantes que você pode fazer para manter seus fios no seu melhor é fornecer-lhes uma nutrição adequada.

Posso confessar para vocês que a nutrição etapa que eu mais gosto, porque é a etapa que o meu cabelo fica mais bonito, mas não quer dizer que a única etapa que meu cabelo precisa. Entenda nosso cabelo precisa de todas as etapas mais a nutrição e aquela paixão, penso que muitos de vocês vão se identificar.

Nutrição capilar o que usar

O que é a nutrição?

A nutrição é a etapa para repor os lipídios, ou seja, repórter oleosidade do cabelo, aí você pensa “oleosidade? Não quero um cabelo oleoso!” Calma não é bem isso, é o seguinte a oleosidade natural do nosso cabelo, que sai do couro cabeludo da raiz, ela não chega com tanta facilidade até as pontas principalmente no nosso caso que somos crespas, cacheadas e onduladas, no cabelo liso ele já tem mais facilidade de chega até as pontas, por isso os cabelos lisos nem sempre têm a pontinha tão ressecada. Entende porque no nosso caso a oleosidade natural tem mais dificuldade em chegar até a ponta por causa da curvatura por isso que essa é uma etapa que amo tanto que é o repouso a oleosidade nas pontas.

Leia também: CRONOGRAMA CAPILAR: Hidratação, Nutrição, Reconstrução e Umectação

Quais os componentes

São óleos vegetais geralmente. Olha os reparadores eles geralmente têm silicone e a silicone ela não é nutriente ela só forma uma película brilhosa no seu fio que muitas vezes impede que os nutrientes entrem no seu fio, elas são como uma maquiagem mesmo, pra dar um brilho no seu cabelo. Não é que é errado ele só é um reparador só vai deixar seu cabelo brilhoso e vai até proteger porque alguns têm proteção o UV.

Na etapa da nutrição vamos focar em óleos vegetais esses óleos reparadores são mais para deixar seu cabelo bonito como maquiagem, mas não é o que vamos usar na etapa para nutrir e tratar o fio.

Os próximos componentes são, manteigas vegetais, tutano vegetal ou animal, ceramitas entre outros, então esses são os componentes da nutrição que sempre que você vê ele numa máscara em algum produto você vai saber que eles são para nutrição.

Leia também: Nutrição capilar com Maizena

Receitinhas caseiras

Agora parte que amamos, receitinhas caseiras, vou te falar agora quais são os componentes que você tenha na sua casa ou que você encontra no mercado, na farmácia enfim, são caseiros super acessíveis pra nutrir o seu fio, vamos lá:

  • Abacate.
  • Óleo de coco.
  • Leite de coco.
  • Creme de leite.
  • Manteigas vegetais.
  • Azeite de oliva.
  • Leite de amêndoas.
  • Óleos vegetais.
Nutrição capilar o que usar?

Mais dicas lá no meu Pinterest

Alimentação

PROTEÍNA

A estrutura do seu cabelo é feita de proteínas endurecidas chamadas (queratina). Quando os estoques de proteína estão baixos, a geração desse importante bloco de construção diminui e o cabelo fica cada vez mais lento. Carnes magras, como frango e peru, e peixes como atum, arabote e tilápia são ótimos alimentos ricos em proteínas para incluir em sua dieta. Mussarela com pouca gordura e queijo cottage, tofu e quinoa também são ótimas opções a considerar.

Lentilhas de BIOTINA são uma boa fonte de biotina — um nutriente que tem demonstrado promover o crescimento do cabelo. Quando a biotina interage com as enzimas celulares, ela ajuda a produzir aminoácidos – compostos que formam as proteínas sempre importantes mencionadas anteriormente. Pesquisadores descobriram que muito pouca biotina pode levar à perda de cabelo. Cenouras, amêndoas, nozes e couve-flor são outras opções inteligentes a considerar. Se você estiver interessado em tomar um suplemento, fale com o seu médico para uma recomendação.

FERRO

Seus folículos pilosos recebem oxigênio nutritivo do ferro em seus glóbulos vermelhos. Embora o nível de ferro em seu sangue possa ser considerado normal, ainda há uma hipótese de você ter baixa ferritina — o “banco” de ferro que seu corpo continua a usar quando precisa. A baixa ferritina tem sido associada ao crescimento lento ou interrompido do cabelo, bem como ao descaimento. Faça o seu melhor para evitar isso, comendo alimentos ricos em ferro, como ostras, amêijoas, carne magra, ovos, atum, soja, espinafre, tofu e grão-de-bico. Certifique-se de ter seus níveis de ferritina testados antes de considerar um suplemento.

ÁCIDOS GRAXOS ÔMEGA-3

Ômega-3 são encontrados nas membranas celulares da pele do couro cabeludo e nos óleos naturais que o couro cabeludo e o cabelo produzem para se manterem hidratados. Conseguir o suficiente destes ácidos graxos essenciais pode ajudar a prevenir o couro cabeludo seco e ajudar seu cabelo a crescer e brilhar. Comer salmão selvagem e outros peixes gordos, como robalo listrado ou cavala duas vezes por semana, garante uma dose saudável de ômega-3. Ou, se você não é fã de peixe, inclua algumas fontes derivadas de plantas em sua dieta, como sementes de linho, nozes, soja e óleo de canola.

ÁGUA

Enquanto suas madeixas são feitas principalmente de proteína, elas também são feitas de água e precisam manter sua umidade para evitar secura e quebra. Além de recorrer a um condicionador leave-in ou a outros produtos hidratantes para suavizar os fios, certifique-se de que você também está se reabastecendo com bastante H 2 0 por dia. Comer frutas e legumes ricos em água ajuda a hidratar a sua juba também.

AS VITAMINAS

B6, B12 e folato ajudam a criar glóbulos vermelhos, que transportam oxigênio e nutrientes também para todas as células do corpo, incluindo as do couro cabeludo e dos folículos pilosos. Se você não está recebendo vitaminas (B) suficientes, as células podem morrer de fome, tornando seu cabelo mais propenso a se desprender, diminuir o crescimento e a quebra. Lombo de porco é embalado com essas vitaminas, mas se você não comer carne de porco, carregar feijão, frango, aveia e laticínios com pouca gordura, que também são boas fontes.

VITAMINA C

Este nutriente essencial faz algumas coisas para ajudar a promover o cabelo saudável: A vitamina C ajuda a absorver o ferro. Também é usado para formar colágeno, uma fibra estrutural que compõe o tecido conectivo no corpo, que os folículos capilares exigem para um ótimo crescimento. Pimentões, tomilho, salsa, couve, couve de Bruxelas, laranjas e morangos embalam uma dose de vitamina C.

ZINCO

Este mineral ajuda a fortalecer os folículos capilares e previne a perda de cabelo, ligando suas proteínas. Ele também desempenha um papel em suas glândulas de óleo funcionando corretamente, o que protege seus bloqueios de secura e caspa. Marisco, como ostras, caranguejo, lagosta, amêijoas e mexilhões, todos têm alto teor de zinco. Na verdade, apenas três onças de ostras (cerca de duas ostras de tamanho médio) têm um enorme percentual de 493% do valor diário recomendado de zinco. Sementes de girassol, amendoim, pinhões, carne bovina, cordeiro, porco e cereais integrais e farelo são alguns outros alimentos ricos em zinco para você escolher.

Se você notar mudanças significativas em seu cabelo que lhe dizem respeito, consulte o seu médico para discutir possíveis causas, como uma deficiência nutricional, estresse, tireoide subtrativa ou desequilíbrio hormonal.

loading...

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.